prueba slider borrador fin prueba 1
Ingles
Etapa Productiva
Inscríbete
Ingles
prueba_2
TEXTO_ALT_3

Energias Alternativas

Spanish
English


Às nove da manhã, um sol radiante deixa cair seus potentes raios sobre o terreno quase deserto do norte da Guajira.

Abadesa, uma mulher Wayüu de 29 anos, desce do burro em que percorreu dois quilômetros desde seu ranchería e se dispõe a encher as vasilhas com a água que repousa num tanque situado ao lado do moinho.

É uma rotina que cumpre duas ou três vezes por semana para se abastecer de um líquido escasso e precioso em sua região. Uma vez que os recipientes estão cheios, coloca-os novamente no nobre e fiel animal e se prepara para voltar, mas antes se aproxima de alguns camponenes e os cumprimenta, batendo um papo com eles. Passam-lhe uma cuia e com o conteúdo dela molha seus cabelos para se refrescar.

No fundo, num bebedouro os bodes e algumas vacas saciam sua sede antes de continuar em busca de pastos, bem escassos na verdade, em época de verão. As crianças brincam ao redor de um charco, enquanto um grupo de várias mulheres se dedica a lavar a roupa da família. Dois burros, três garrafas coloridas e a mata de algarobeiras completam a paisagem típica de muitos lugares da Alta Guajira.

O formoso quadro tem como ponto central o moinho que é movimentado pelos fortes ventos da época. Há mais de meio século os Wayüu se abastecem da água extraída dos poços profundos por meio do uso de uma energia cujo nome lhes interessa menos que sua utilidade: energia eólica.
Por diversas razões a humanidade se viu obrigada a explorar fontes e formas de energias diferentes às que tradicionalmente se utilizaram.

Aspectos como os custos e a necessidade de proteger o meio ambiente obrigaram os pesquisadores a explorar outras possibilidades diferentes às utilizadas habitualmente. Hoje a humanidade dispõe de diversas possibilidades nesta matéria: energia solar, biogás, maremotriz, térmica e outras, entre as que se encontra a eólica, graças a qual Abadesa pode se abastecer de água no moinho próximo ao seu povoado.

As energias alternativas são isso: uma alternativa benigna com o ambiente e, na maioria das vezes, mais econômica do que as tradicionais.

Recordemos que a energia nuclear, por exemplo, produz lixo nuclear de alta periculosidade e mutações nos seres vivos. As hidrelétricas geram mudanças nos climas, e alteração na fauna e na flora e a erosão de lagos e rios, assim como a mudança do leito destes últimos em alguns casos. O uso de petróleo e gás implica contaminação da atmosfera, contaminação do meio ambiente e alteração da flora e da fauna.

As energias alternativas têm vários atrativos e entre eles podemos mencionar os seguintes:
1. Não consomem combustíveis: e esta é uma boa notícia para a atmosfera e para o ecossistema porque significa uma menor contaminação.

2. Suas fontes de geração são inesgotáveis. Sempre teremos uma "lâmpada" enorme e poderosa, o sol, oferecendo-nos sua luz, e sempre teremos bons ventos para produzir energia eólica

3. Não produzem uma maior contaminação no meio ambiente.

4. Não produzem alterações no clima. O aquecimento global, a destruição da camada de ozônio são temas totalmente alheios a este tipo de energias.

5. Não altera o equilíbrio da flora e da fauna, salvo um impacto menor que não põe em perigo a subsistência das espécies.

Tarde ou cedo as reservas de combustíveis fósseis chegarão ao fim, mas antes de que isto ocorra devemos preparar-nos para a transição para energias limpas que nos dêem comodidade e bem-estar, sem que tenhamos que pagar uma fatura de alto custo em termos de destruição do ecossistema e da degradação da vida no planeta.

No hay comentarios: